Minhas Leituras de 2017

Em 2017 decidi estipular, pela primeira vez, uma meta de livros a serem lidos. Decidi me dedicar mais à leitura nesse ano que passou, já que nos últimos tempos acabei me distanciando muito desse hábito e estava sentindo falta dos livros na minha vida. Optei por colocar uma meta relativamente alta {considerando que passo praticamente metade do dia no trabalho} e estipulei 3 livros por mês, ou seja, um total de 36 livros no ano. Será que consegui bater essa meta? Vou contar tudo aqui nesse post.

Quantos livros eu li?

Esse ano eu li 39 livros, desde calhamaços até livros mais curtinhos, livros em português e em inglês, mangás e quadrinhos. Todos entraram nessa contagem, pois cada um me levou pra um lugar especial onde fugi um pouco da mesmice do cotidiano.

Nos primeiros meses do ano até que consegui fazer um resumo do que estava lendo aqui no blog, com sinopse e uma mini resenha de cada livro, mas acabei não conseguindo conciliar meu tempo para fazer esses posts {para ver o primeiro post de livros lidos clique aqui e para ver o segundo post clique aqui}.

Alguns deles foram releituras {Frankenstein, A Clockwork Orange, Gatsby, os livros do Edgar Allan Poe etc}, pois quando eu gosto de uma obra eu vou reler ela mil vezes sim, obrigada. Eu tenho uma memória ridícula e esqueço completamente do que já li, então na verdade essas releituras são como um presentinho pra mim mesma pois tenho a certeza de que vou amar muito e ainda revivo a experiência de ler como se fosse a primeira vez. Pelo menos ter uma cabecinha de vento é bom por isso, haha.

Pacto Com A Caveirinha

Em 2017 eu também realizei um sonho que até então julgava ser impossível: virei parceira da Darkside Books, a editora que eu mais amo e admiro no mundo! Nem consigo expressar o quanto essa parceria foi importante para mim: eu sentia amor emanando de cada pacote que chegava aqui em casa – o cuidado com todos os presentinhos enviados aos parceiros é mais do que evidente em cada entrega. Isso sem nem entrar nos méritos dos próprios livros, que ficaram mais incríveis do que já eram! As edições da Caveirinha estão cada vez mais luxuosas e impecáveis, e me arrisco dizer que a Darkside Books foi responsável por alavancar a paixão por livros de muitas pessoas, enfeitiçadas e curiosas pelas capas irresistíveis da editora.

Cada post que fiz em parceria com a editora foi cheio de amor, mas acho que isso deu pra perceber, né? Eu me diverti horrores produzindo e editando as fotos, escrevendo as resenhas e recebendo o carinho de cada pessoa que me conheceu por meio dessa parceria, especialmente no Instagram.

Para ler todas as resenhas que já fiz da Darkside Books, clique aqui.

As 39 Leituras Do Ano

Se você está curioso para saber o que eu li e o que amei, aqui segue a lista completa. Os livros com um coração ao lado do nome são os que amei muito muito mesmo e acho essenciais na estante de qualquer pessoa!

  • #GIRLBOSS • Sophia Amoruso
  • 1984 • George Orwell
  • A Menina Submersa {The Drowning Girl: A Memoir} • Caitlín R. Kiernan
  • Evangelho de Sangue {The Scarlet Gospels} • Clive Barker
  • The Warriors • Sol Yurick
  • Menina Má {The Bad Seed} • William March 🖤
  • Histórias Extraordinárias {Extraordinary Tales} • Edgar Allan Poe
  • A Guerra Que Salvou A Minha Vida {The War That Saved My Life} • Kimberly Brubaker Bradley {resenha aqui!}
  • Psicose {Psycho} • Robert Bloch 🖤
  • Laranja Mecânica {A Clockwork Orange} • Anthony Burgess 🖤
  • Abominação {Abomination} • Gary Whitta {resenha aqui!}
  • Confissões do Crematório {Smoke Gets In Your Eyes} • Caitlin Doughty
  • Donnie Darko • Richard Kelly {resenha aqui!}
  • O Grande Gatsby {The Great Gatsby} • F. Scott Fitzgerald 🖤
  • Ultra Carnem • Cesar Bravo
  • Os Filhos de Anansi {Anansi Boys} • Neil Gaiman 🖤
  • Coração Satânico {Falling Angel} • William Hjortsberg 🖤 {resenha aqui!}
  • Deuses Americanos {American Gods} • Neil Gaiman
  • Mitologia Nórdica {Norse Mythology} • Neil Gaiman
  • O Segredo Dos Corpos {Morgue: A Life In Death} • Dr. Vincent Di Maio & Ron Franscell 🖤 {resenha aqui!}
  • Meu Amigo Dahmer {My Friend Dahmer} • John ‘Derf’ Backderf 🖤 {resenha aqui!}
  • Arquivos Serial Killers: Louco ou Cruel • Ilana Casoy 🖤 {resenha aqui!}
  • Arquivos Serial Killers: Made in Brazil • Ilana Casoy 🖤 {resenha aqui!}
  • Assassinato no Expresso do Oriente {Murder On The Orient Express} • Agatha Christie
  • Wytches • Scott Snyder & Jock {resenha aqui!}
  • Noturno {Nocturnal} • Scott Sigler {resenha aqui!}
  • Fragmentos do Horror {Fragments Of Horror} • Junji Ito 🖤 {resenha aqui!}
  • Uzumaki • Junji Ito 🖤
  • Gyo • Junji Ito 🖤
  • Tomie • Junji Ito 🖤
  • Edgar Allan Poe: Medo Clássico • Edgar Allan Poe 🖤
  • Frankenstein ou o Prometeu Moderno {Frankenstein: Or The Modern Prometheus} • Mary Shelley 🖤
  • Fight Club 2 • Chuck Palahniuk 🖤
  • Watchmen • Alan Moore 🖤
  • As Aventuras de Alice no País das Maravilhas {Alice’s Adventures In Wonderland} • Lewis Carroll
  • Alice Através do Espelho e O Que Ela Encontrou Por Lá {Through The Looking Glass And What Alice Found There} • Lewis Carroll
  • V De Vingança {V For Vendetta} • Alan Moore
  • The Cases That Haunt Us • John E. Douglas & Mark Olshaker
  • The Penguin Book Of Witches • Katherine Howe 🖤

O Que Eu Aprendi Com Essa Meta

Eu decidi estabelecer esse objetivo para aumentar meu ritmo de leitura, que estava enferrujado. Desde criança eu me acostumei a ler muito e muito rápido, mas todo esse tempo parada me fez perder um pouco da minha capacidade de fazer leitura dinâmica; a meta realmente me ajudou muito nesse quesito, percebi que estou lendo bem mais rápido novamente.

Decidi também sair do conforto da internet e procurar fontes bibliográficas para os assuntos que me interessam. Vários livros que estavam na minha lista à anos estavam à apenas alguns cliques da Amazon de distância, e criei vergonha na cara e comprei tudo. Sair da ficção foi diferente pra mim – e amei muito! Já estou com uma wishlist prontinha pra ler mais sobre esses assuntos {vou fazer post sobre um deles em breve}.

Como antigamente só comprava em livrarias, eu nunca lia nada em inglês, e ler diversos livros em outra língua também foi algo extremamente edificante para refrescar o idioma. Isso não foi algo exclusivo de 2017, mas definitivamente treinei bem mais nesse ano.

Também li quadrinhos praticamente pela primeira vez, e amei muito! Não imaginava que conseguiria me conectar tanto com esse tipo de leitura, mas descobri que estava enganada – alguns dos livros mais intensos desse ano foram HQs e mangás. Obrigada ao meu noivo maravilhoso que insistiu nesse quesito e me fez chorar lendo Alan Moore.

Minha Meta Para 2018

Apesar de ter batido meu objetivo, que era ler mais de 36 livros no ano, em 2018 eu não vou estabelecer nenhuma meta literária. Ano passado fiquei mais de um mês presa em um único livro, pra no próximo mês ler cinco tranquilamente; mas também não abandonei nenhuma obra esse ano, por mais sufocante que possa ter sido a leitura. Não me arrependo nem um pouco de ter feito isso pois descobria uma coisa boa em cada livro, mas não preciso me cobrar tanto em 2018. Meus objetivos principais foram alcançados e é isso que importa!

Não quero focar em números esse ano, pois assim fico mais livre para focar em outros projetos, mas não vou abandonar a leitura nunca mais! Não vou deixar o cansaço me abater e enrolar para começar um livro, até por que minha estante está cheia de livros a serem desbravados ainda. Não importa o quanto eu demore para terminar algum livro, eu sempre terei um volume em mãos – essa é minha meta pro resto da vida!

E você, pretende estabelecer uma meta em 2018? Ou tem alguma indicação de livros que eu possa gostar? Me conte nos comentários. 🖤

Você pode gostar de

8 Comentários

  1. Que post lindo, vou copiar :’) HAHAHA

    Eu não consegui bater minha meta de 35 livros por 2. Fiquei bolada com isso, mas esse ano fiz tanta leitura maravilhosa que tudo valeu a pena, e a meta é só um número mesmo.
    Outra coisa que foi muito especial foi a gente se aproximar ainda mais por causa dos livros 🖤 e descobrir que somos almas gêmeas de wishlist, né! HAHAHA
    Que 2018 nos traga mais livros incríveis, e mal posso esperar pra mais posts por aqui.

    1. Exatamente, afinal, é só um número né? E as leituras boas compensam tudo, tenho certeza!
      Nem fale, os prints da nossa wishlist são os melhores, haha. Li muita coisa boa por sua causa, e que isso continue em 2018! {leiturinha coletiva de Lovecraft que o diga}
      Beijos Linus 🖤🖤🖤

    1. Ah, obrigada! Foi corrido mas consegui, haha. ♥
      Eles abrem inscrições em Fevereiro se não me engano, fica de olho pra tentar a parceria!
      O livro da Alice eu tinha muita curiosidade de ler, não gosto muito do desenho mas o livro achei bem mais interessante.
      Beijos. ♥

  2. Adorei os livros que leu! Alguns também já li, outros entraram na minha lista. Engraçado que assim como vc não era tão acostumada com HQs e também por causa do boy peguei um amor considerável por elas. (Alan Moore é gênio <3) mas me surpreendi com sua meta hahah minha meta é tipo 5 livros no ano no máximo hahah, mas o ideal é ler quando temos vontade mesmo! Vencer a preguiça e a procrastinação é a melhor coisa. Não deixe de postar no blog também! Hahah beijos <3

    1. Obrigada pelo carinho ♥
      É muito bom quando temos alguém que nos apresenta coisas novas e legais, né? Isso me empolga bastante!
      Essa meta foi bem alta mesmo, nos últimos anos não tinha lido tantos livros assim, mas agora não quero parar haha. Vou tentar postar mais no blog sim, pode deixar. Beijos lindona! ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *